Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A vida de um tudo e nada

A vida de um tudo e nada

Preciosidades no Trabalho - #1

Nunca pensei que uma caixa de supermercado desse tanta história para contar ao fim do dia. Umas boas outras menos boas mas cada uma delas só por si já dava para uma anedota ou para um livro.

Então vamos lá... 

 

Estava eu muito bem na minha caixa a atender os clientes quando um sr muito aflito me pede para lhe abrir a porta da casa de banho. Abri-lhe a porta e dediquei-me aos clientes que estava a atender. 

Nem 5 minutos depois aparece o tal sr com cara de poucos amigos. Eu que ainda estava a fazer a conta a um dos clientes não dei grande importância. É então que o sr se chega ao pé da mina caixa e tem a brilhante conversa: 

- Isto não pode ser! 

- Desculpe?

- Uma pessoa não pode ir ao 'mijatore' e puxar o 'autoclisme'.

- Desculpe não entendi.

- Pois é isso é! Uma pessoa não pode ir ao 'mijatore' e puxar o 'autoclisme' que fica assim - Entendam o assim com o que ele fez levantou o casaco e insinuou toda a zona abdominal e pélvica para mim.

-Pois... - Foi só o que lhe consegui responder. 

 

Naquela altura apeteceu-me tanto rir que não fazem ideia. 

Lá despachei o cliente que ficou tão incrédulo como eu com a conversa e me ri sozinha. 

 

Agora a pergunta é como raio vou eu saber se não uso o 'mijatore'? O sr pediu algum passo a passo para o uso do 'mijatore'? Foi Mesmo o 'autoclisme' ou o sr é que não se aguentou?  

Estou num sitio de gente louca!!! Ahahah