Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A vida de um tudo e nada

A vida de um tudo e nada

O tic tac do relógio não passava, mas aí o avião aterrou e a felicidade aumentou!

aviao.jpg

Hoje senti um amor diferente!

Senti um amor completo!

Um amor forte!

Um amor que me preenche de uma forma inexplicável!

Foi hoje! Foi hoje quando cheguei ao aeroporto a ouvir o tic tac do relógio e do tempo que teimava em não passar. Foi com o olhar para o placar e constar que o teu voo ainda não tinha aterrado. Foi com o levanta e senta das cadeiras que iam ficando vagas e com as viagens constantes ao placar para ver se lia " aterrou às X's horas ". Fiz uma maratona. Corri km's. Sim foram km's que me pareceram. Foram minutos que pareciam horas, dias, meses, anos!

Mas li!! Quando li a palavra "aterrou" o coração saltou-me do peito! Não te consigo explicar o inexplicável. Foi o pensar "estás em segurança e quase nos meus braços". Pulei para a zona de chegadas, não consegui ficar quieta. Balançava o meu peso de um pé para o outro e andava um cm para o lado e depois para o outro.

Estava inquieta! Queria-te ali, logo e já. Mas quem é que queria saber das malas? eu não! E é por isso que me dou por feliz de não poder ir ao outro lado.

Vi-te!!! O sorriso foi automático. Não me viste logo mas fui ao teu encontro!

E os dois beijinhos que recebi souberam a mil!!! Senti o amor que temos como nunca tinha antes sentido. Não se explica... sente-se!!! E foi preciso estares ainda mais longe para sentir a explosão.

Vens por um fim de semana mas quem me dera que fosse um para sempre.

 

Não te escolhi como irmã. Mas tenho a dizer-te que os nossos pais fizeram um belo trabalho! ;) Não podia desejar melhor!

 

Obrigada irmã por me teres dado o privilégio de apenas eu saber que vinhas, de organizar tudo e de surpreender os pais e a avó!

 

Amo-te Sister A !

 

PS: Obrigadinha país por me teres levado uma das pessoas mais importantes da minha vida!

16 comentários

Comentar post