Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A vida de um tudo e nada

A vida de um tudo e nada

Saudades dos meus ténis

correr.jpg

 

Muito obrigadinha pé por me doeres, por estares todo torcido e por não te pores bom rápido.

Passaram 10 dias sem correr. 10 dias sem que os ténis toquem o asfalto ao meu compasso.

O estranho visto que sempre fui uma pessoa de dizer que não ao desporto. Não havia nenhum que me fizesse sentir necessidade dele. Nenhum que se tornasse como que uma droga. Eram todos uma obrigação, um seca.

Há 3 anos que quase todos os dias ouvia 'anda correr!!! vem conosco!!! porque não arriscas???' e as minhas respostas eram sempre ' Agora não dá...! Naaa a mim não me apanham nisso! Nem pensar! '. É... à 2 meses comecei. Se foi fácil? Nãoooo de todo! Mas a cada dia era uma vitória. Mais um minuto, mais uns metros, mais uma prova como meta. Fui a 3 até agora. A primeira de caminhada (3km), a segunda noturna em que ainda não corria (5km) e a terceira a do clube na Amadora (5km). A última foi dura!!! Chuva, vento, frio e desespero! Mas cheguei ao fiiiiiiiim!!!

O chato têm sido os precalços. Ora doente, ora magoada, ora chove muito muito muito é impossível de ir.

Mas amanhã espero já estar de volta à estrada, faz-me falta!!!

E não... não corro muito mas corro o suficiente para me fazer ficar tranquila e com menos stress.

18 comentários

Comentar post