Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A vida de um tudo e nada

A vida de um tudo e nada

Vida Real #1

Hoje enquanto esperava pelo metro um senhor chegou-se perto da senhora que estava ao meu lado e o discurso foi:

- Olá menina. Desculpa incomodar mas vi que estava a ler.

- Sim é verdade

- A menina sabe que é preciso gostar para estar a gastar o seu tempo a ler? É que o gasto é proporcional ao tempo. Nós só gastamos tempo com o que gostamos. É pelo menos esse o tempo que gastamos da melhor forma. Não quero com isto dizer à menina que não o gastamos às vezes de formas que gostamos menos mas a esse tempo ligamos menos. A menina está a ler um romance porque gosta de o ler caso contrário não o estaria a ler.

- Sim é verdade

- A menina desculpe sim? Mas eu acredito que para comunicar não precisamos de conhecer as pessoas.

- Não tem mal

- Tenha um bom dia menina

A senhora voltou ao livro e eu sorri.

 

O senhor não podia ter mais razão e eu não podia concordar mais com ele. Somos em parte livres de aplicar o nosso tempo no que mais gostamos. De o gastar da melhor forma.

 

Aproveitem cada minuto, gastem o vosso tempo com o coração! :)

3 comentários

Comentar post